19 de junho de 2013

A pensar na tese até em sonhos...

Os meus sonhos são sempre uma grande confusão, estou num sítio e depois noutro, sou uma coisa e depois outra. Enfim, Freud havia de se ver grego para conseguir dar significado aos meus sonhos.

Resumindo o sonho desta noite, um grupo andava atrás de mim para me matar mas consegui fugir (não vos digo como, porque se souberem internam-me) e então tive que me tornar uma sem-abrigo para eles não descobrirem onde estava.

Mas a minha maior preocupação é que precisava de ir à Biblioteca renovar os livros da tese...

12 comentários:

  1. Ahah a nossa mente é uma coisa fantástica! Eu ando numa fase sem sonhos, o que é de admirar.

    ResponderExcluir
  2. A tese dá cabo de cabeça que qualquer pessoa!! Eu também costumo ter este tipo de sonhos, mas até acho uma certa piada. (um parte: não consigo entrar no teu pinterest).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo aviso ;)
      Já está a funcionar.
      Também tens Pinterest?

      Excluir
  3. Até nos sonhos as nossas maiores preocupações se revelam! :)

    ResponderExcluir
  4. Lol Muito engraçada a conclusão, Margarida!

    Beijinho e escrita de tese inspirada :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!
      Ando MESMO a precisar de muita inspiração :D

      Excluir
  5. Uuuuui! Eu felizmente já estou do outro lado das teses - a orientá-las. Mas fi-las, sim, a de Mestrado e a de Doutoramento, e sei bem do que falas. Mas é bom que sonhes com ela: isso mostra que estás sintonizada :)))) Coragem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada!
      Ando mesmo a precisar de coragem!

      Excluir
  6. Força! Custa, mas sei que vai correr tudo bem!

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! :)
      Preciso mesmo de muita força!

      Excluir
  7. Em tema de sonhos (especialmente pesadelos) sou literalmente um caso a estudar, visto que vou ter de fazer aquele exame manhoso em que fico uma noite numa clínica ligada a máquinas que observam a minha actividade cerebral e sabe-se lá mais o quê... Há anos que não sei o que é dormir descansada, sem a cabeça estar sempre a bombear ideias... Tenho pesadelos horríveis, muito reais e em que me mexo e remexo na cama, transpiro muito, falo, gemo... E tenho sonhos que são tão estúpidos e desconexos que não faço ideia de onde a minha cabeça vai buscar estas coisas!!

    ResponderExcluir