24 de setembro de 2012

Sei que filmes viste a semana passada #2

Se tiver mais fins-de-semana sem sair de casa e sozinha a encher-me de filmes e livros, chego a velha mais cedo!

City of Ember
Durante gerações o povo de Ember viveu no subsolo, mas quando o gerador que garantia a luz para a cidade começou a falhar, terão que ultrapassar o medo do desconhecido e tentar sair da cidade.

O filme até é engraçado, mas não percebi porque raio é que tiveram que ir viver para o subsolo, ou quem construído a cidade e porque raio os insectos parecem tão grandes.








Mirror Mirror
Mais uma história da Branca de Neve sem nada de especial.
















Must Love Dogs
Ou do título em português: Mulher com cão, procura homem com coração.
É o filme que inspirou o projecto: Procura-se um amor que goste de...
Uma comédia romântica que nos faz passar um bom momento.












Beginners
Ou em português: Assim é o Amor.
Gosto de filmes diferentes e que nos façam pensar e este é um deles.
Através do romance de Oliver e Anna, este vai recordando os últimos meses de vida do pai que após a morte da mãe confessa que é homossexual. 
Um dos melhores filmes que vi a semana passada.








No mundo das mulheres
Carter fica devastado depois da namorada acabar o namoro com ele e decide ir passar uns tempos com a avó para ajudá-la e poder assim sair de L.A.
No entanto acaba por se cruzar com os problemas da família Hardwicke, a família vizinha e tanto a mãe como a filha acabam por se apaixonar por ele.
Mas Carter consegue ainda assim ajudar a família a superar os problemas e a falta de comunicação entre a mãe e a filha.







My Week With Marilyn
Do diário de Colin Clark, conhecemos a outra faceta de Marilyn Monroe durante a gravação do filme The Prince and the Showgirl.
Não sou grande fã de Marilyn Monroe, mas gostei do filme e a interpretação de Michelle Williams está fantástica! 












In Time
Num futuro onde as pessoas param de envelhecer aos 25 anos, tendo depois apenas um ano de vida. Para continuarem a viver terão que trabalhar para poder "comprar" mais tempo.
Aqui o dinheiro é tempo, literalmente.
Will Salas (Justin Timberlake) tenta então lutar contra o sistema que permite apenas a alguns serem imortais enquanto que outros tem que morrer para que eles consigam viver eternamente.
Verdade seja dita, se o povo todo for imortal, não sei onde havíamos todos de caber daqui a umas dezenas de anos.
Viver centenas de anos, também deve ser coisa para cansar uma pessoa...



A Invenção de Hugo
Hugo depois de ter perdido os pais não perde a fé e esperança e continua a trabalhar no robot que o pai encontrou no sótão do museu e o qual tentavam os dois arranjar na altura do falecimento do pai.
Enquanto tenta dar de novo vida ao robot, que crê ele trará uma resposta do pai a vida de Hugo sofre uma reviravolta cheia de aventuras. 









Chicago
Velma Kelly que matou o marido e a irmã e Roxie Hart que matou o amante, encontram-se na prisão e lutam por fama de maneira a salvarem-se da forca.
Gostei deste filme, conjuga as actuações de cabaret perfeitamente com o desenrolar da acção. 












Dos filmes que vi na outra semana mas que não comentei.

Crazy stupid love
Um bom filme para perder tempo. Tal como o nome indica, este filme não vale grande coisa.















Empresta-me o teu namorado
Há coisas que eu nunca vou perceber e as traições são uma delas.
Portanto não achei grande piada a este filme. Até podiam gostar um do outro aos anos, mas tendo em conta que se ia casar com a amiga e continuarem nisto dias antes do casamento, epah não. Mas vai-se a ver e a amiga, também andava a trair o noivo.
Este mundo está perdido!









Os Smurfs
Acho que vou sempre gostar de filmes infantis e quem é que não conhece os Smurfs e não lhes acha piada?
Adorei o filme! 

12 comentários:

  1. Adorei o filme "A invenção de Hugo". Achei fantástico.

    ResponderExcluir
  2. Que óptimas escolhas, a ideia do City of Ember é de que a humanidade estava perdida e houve quem criasse a tal cidade no subsolo, 200 anos depois a coisa corre mal, com perdas da mensagem e dá-se o filme.

    Este fim de semana e deixo a sugestão, vi o Buried, muito emotivo e minimalista de uma ideia muito diferente do que estamos habituados a ver no cinema.

    http://www.imdb.com/title/tt1462758/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela dica ;)
      Gosto sempre de filmes diferentes do habitual.

      Excluir
  3. De todos os filmes que falaste no post, só vi dois deles.
    O 'In Time', achei o conceito muitoooo à frente, mas no geral gostei do filme, é que apesar de ser, digamos, uma realidade paralela, os ricos sobreviviam sempre, tal como acontece hoje em dia na nossa realidade!
    O outro filme que vi foi o 'Crazy, Stupid, Love', ao contrário de ti, gostei! Mais que não seja perdemos mais de uma hora a poder olhar para o Ryan Gosling! ahaha

    ResponderExcluir
  4. Só vi o Must Love Dogs e gostei. Vê-se bem! Quanto ao livro que estás a ler, adorei, mas adorei mesmo. Talvez porque tivesse que ver com o momento da minha vida que passava na altura!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já há muito tempo que gostava de experimentar uns livros da Torey Hayden, este é o primeiro, ainda estou a começar mas não tenho duvidas que será bom ;)

      Excluir
  5. Ahhhhhh! Também adorei o My week with Marilyn... Dá-nos uma outra abordagem do mito que ela era. :-)

    E sobre o primeiro, existe uma cidade, salvo erro num dos países de Leste, que começou primeiro subterrânea e depois é que veio para a superfície, por isso, não é tão descabido assim. Disse-me uma rapariga no postcrossing. :-)

    ResponderExcluir
  6. Ora bem... já vi o "In time", "As invenções de Hugo", "Chicago", "Crazy stupid love" e "smarfs" e dos restantes da lista queria ver os "beginners" ;)

    ResponderExcluir
  7. Viste filmes engraçados, estou há tempos para ver a "Invenção de Hugo"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então apressa-te a ver porque vale a pena ;)

      Excluir